Busca
Facebook
LinkedIn
Ah, bom! Então é assim?

Um dos meus amigos aproveitou um domingo para levar filhos e sobrinhos, com idades entre 5 e 15 anos, ao cinema. Poucas opções de filmes que agradassem a crianças e adolescentes, mas conseguiram, por fim, chegar a um acordo.

O filme escolhido trouxe, a horas tantas, uma cena de casamento gay.

O garoto mais novo, surpreso, perguntou em voz alta: Pai, cadê a noiva?

Meu amigo, com calma, explicou: Há homens que se casam com homens: então, são dois noivos. E mulheres que se casam com mulheres; então são duas noivas. E há mulheres que se casam com homens, sendo então um noivo e uma noiva.

O garoto respondeu: Ah, bom! E voltou a prestar atenção ao que ocorria na tela.

Pediu uma informação, recebeu, ficou satisfeito. Sem perceber, teve uma aula de educação sexual que vai levar para a vida.

Não aprendeu que a pergunta era inadequada. Não aprendeu a odiar e a apontar. Não aprendeu que isso ou aquilo é errado.

Aprendeu que há pessoas que seguem caminhos diferentes, mas igualmente válidos. Aprendeu que a diferença não atinge pessoas seguras de quem são, que não precisam ofender e diminuir para se reassegurar da própria sexualidade.

Essa historinha, tão refrescante, mostra o espírito de uma educação sexual orientada para os direitos humanos, para a diversidade, para a riqueza da convivência humana.

Compartilhe Isso:
Comentários
Comentários  (0) Comentário(s)

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vera Lucia Vaccari
CRP 06-8915/6
Rua Padre Chico, 789 - Perdizes - São Paulo (SP) 05008-010
© Copyright 2019 Vera Vaccari | Psicoterapia e Sexualidade. Todos os direitos reservados.