Busca
Facebook
LinkedIn
Desmontando árvores, preservando a vida.
por Vera Vaccari

Dia 6 de janeiro, na tradição cristã data da visita dos Reis Magos ao Menino Deus, é, também pela tradição, quando se desmonta a árvore de Natal e o presépio.

Até há poucos anos, tínhamos um sítio. Uma maravilhosa aventura de quase 30 anos. Nas primeiras semanas de janeiro, aprendemos a viajar com o carro vazio, recolhendo as ex-árvores de Natal transformadas em lixo.

Descobrimos que as pessoas faziam/fazem suas árvores festivas com plantas vivas, em geral pinheirinhos, mas não se preocupavam de regá-los durante os festejos. Tirados os enfeites, as plantas secas eram/são colocadas nas calçadas, para serem recolhidas pelo caminhão de lixo.

Enchíamos o carro daquelas plantas quase mortas, para tentar recuperá-las. De cada vez, uma sobrevivia e era então plantada na terra. Estão lá até hoje, se não atingidas por alguma motosserra.

Sempre pensei nessas plantas como representação do que ocorre nesse nosso mundo voltado para os brilhos e o consumo. Debaixo de discursos e lindos comerciais sobre paz, amor, harmonia, a vida fica escondida e maltratada debaixo de bolas coloridas, feixes de luz, papel e presentes.

Talvez por isso muitas pessoas fiquem tão tristes nesta época, sentindo-se sozinhas e vazias. Não devido a recordações da infância e à saudade dos que já se foram, como às vezes acreditamos. Recordações e saudade fazem parte do que nos sustenta emocionalmente. São o sal do pão que nos leva a atravessar momentos bons e maus.

Muitas vezes, ficam presas no brilho e no colorido do que não alegra. Ao ruído da rolha do champanhe que, mais do que benesses, promete mais do mesmo.

Por isso este é um ótimo momento para refletir sobre o que se almeja. Buscar o que faz falta. E talvez seja por isso que muitas pessoas nessa época procuram psicoterapia.

Compartilhe Isso:
Comentários
Comentários  (1) Comentário(s)

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
Comentários  (1) Comentário(s)
  1. Solange Dair Santana Affonso disse:

    Foi muito bom ler seu texto reviver o real sentido p mim , do que significa este dia d 06 de janeiro. Parabéns!

Vera Lucia Vaccari
CRP 06-8915/6
Rua Padre Chico, 789 - Perdizes - São Paulo (SP) 05008-010
© Copyright 2019 Vera Vaccari | Psicoterapia e Sexualidade. Todos os direitos reservados.